5 atitudes de ano novo para todos (incluindo eu!)

IMG_20160126_191535

Tá,  eu sei que o ano novo já passou… Mas como faço aniversário também no início do ano (e acaba sendo meu marco zero), decidi compartilhar algumas atitudes de ano novo que valem à pena não só para mim, mas pra todo mundo também! Desde limpeza geral nas redes sociais a administrar o tempo para ajudar a quem precisa, passando por aprender coisas novas com cursos gratuitos! Vem comigo…

Todo mundo faz aquelas promessas de ano novo que nunca cumpre: parar de fumar, procurar outro emprego, entrar na academia! Lendo artigos sobre psicologia, vi que alguns princípios são fundamentais para a gente colocar certas atitudes em prática. Uma das melhores coisas que eu fiz por mim ano passado foi levar a sério e tratar o problema de insônia que eu tinha, e após consultas, exames, medicamentos e procedimentos, posso dizer que a qualidade do sono melhorou muito – e na carona, o humor e a disposição melhoraram também.

A primeira dica que eu dou é não ser ambiciosa demais na meta; ela fica longe demais de ser alcançada e faz a gente desistir pelo meio do caminho! Exemplo: quer parar de fumar? Ótimo! Mas ao invés do postulado “nunca mais vou fumar”, que tal “vou passar uma semana sem fumar?” Te garanto que ao final dessa semana sem cigarro, você percebe que é capaz de prosseguir e, aos poucos, ir aumentando a meta para quinzenal, mensal e por aí vai…

A gente não vira outra pessoa na noite de réveillon, então não adianta nada jurar solenemente qualquer resolução nova no calor da emoção – as transformações mais profundas da vida da gente não acontecem de um dia para o outro, sei bem disso!

Atitude de ano novo 1 – Manter o guarda-roupa arrumado

ano-novo-guarda-roupa

Hoje tenho um sério problema de espaço para guardar minhas coisas e pretendo resolvê-lo em breve. Paciência. Por enquanto só tenho um guarda-roupa pequeno, sem espaço para pendurar vestidos (mesmo curtos). Só que manter o espaço arrumado, mesmo com toda sorte de limitações, nos faz ter uma noção exata do que tem; daí a gente acaba não comprando a quinta regata preta, sabe? A gente economiza e o meio ambiente agradece.

Adendo: doar roupas com alguma freqüência é algo que faz bem não só ao próximo, mas a você mesma! Não tenho apego e dôo mesmo, principalmente o que eu sei que não vai voltar a caber em mim. Não adianta, não vou voltar a vestir 36 e não preciso de uma calça jeans com essa numeração no meu (mini) armário.

Atitude de ano novo 2 – “Limpar” as redes sociais

ano-novo-redes-sociais

Será que realmente vale à pena manter no seu Facebook aquela amiga de sua amiga que foi contigo para a festa de três anos atrás? Nossa, foi muito legal, mas a gente não se fala desde então. E o seu ex, uma vez que você e ele já fizeram a fila andar e não existe amizade entre ambos? Muita gente gosta de números expressivos nas redes sociais, mas está sempre se irritando com aquela “rainha das selfies” com quem não tem qualquer intimidade, ou com aquele(a) mala que te manda mensagem inbox mesmo você já tendo dispensado mil vezes. Enfim, exemplos não faltam. Nem argumentos para excluir pessoas que já não fazem – há muito – parte de sua vida…

Atitude de ano novo 3 – Diminuir o uso de celular

atitude-ano-novo-celular

Uma reportagem de televisão me deu o insight: já parou para pensar quanto tempo você gasta rolando o feed do Facebook ou vendo mensagens no Whatsapp? A velha desculpa da falta de tempo é, muitas vezes, provocada por esses pequenos dispersores, especialmente agora na era do smartphone! O Diário d Estilo me faz ficar bastante tempo ao celular, confesso, mas pretendo me organizar no curto prazo e ficar em alguns momentos offline. E convido vocês a fazer o mesmo, inclusive sem acessar o DDE todo dia. Só quando tem postagem nova ; )

Atitude de ano novo 4 – Ser mais solidária

Também com base na velha desculpa da falta de tempo, alego não poder me dedicar a uma causa social. A gente é tão abençoada com um emprego, com uma casa para morar, e mesmo quem não tem muitos recursos pode fazer algo por alguém. E o melhor: fazer o bem faz bem! Hoje, me limito a doar dinheiro e roupas, alimentos em algumas ocasiões. Mas existem outras coisas para ser doadas e que as pessoas precisam muito: atenção, carinho, às vezes até uma habilidade que pode ser ensinada! Me baseando lá naquele princípio geral do post, não vou começar assumindo o compromisso de ajudar uma instituição uma vez por semana, mas sim uma vez a cada bimestre, por exemplo. E depois, vou aumentando a freqüência, conforme a minha disponibilidade. Que tal tentar?

Atitude de ano novo 5 – Aprender algo novo dentro ou fora da internet

Uma das melhores coisas da internet é a fácil aquisição de conhecimento que a gente pode ter em relação a várias coisas: como combinar as cores de roupa (perdeu? Acesse aqui), como fazer uma comida diferente, como dançar uma coreografia do verão! Afora que há muitos cursos online gratuitos; alguns emitem certificado, outros não. Olha links testados e aprovados aí:

FGV – Apresenta cursos nas áreas de finanças pessoais, sustentabilidade, marketing, direito…

ESPM Cursos gratuitos de vendas, comunicação e negócios.

BBC – Aprendi muitas noções de francês por causa desse ótimo material! Vídeos e exercícios focados em situações fazem parte do conteúdo.

Deutsche Welle – Embora já fale alemão, aprendi um bocado no curso gratuito de alemão para negócios (Wirtschaftsdeutsch), e tem módulos bem divididinhos para iniciantes, intermediários e avançados no idioma. Muito bom!

MIT – O MIT (Massachusetts Institute of Technology) oferece uma vasta gama de cursos grátis em várias áreas, alguns deles traduzidos para o português.

Aprender algo novo dentro ou fora da internet (viu que falta de $ não é desculpa?) pode acabar te ajudando a ter um diferencial competitivo, a ter mais prazer na vida, a superar um problema, a perder peso! Que tal começar já?

 É isso! Espero que você tenha se identificado com alguma destas atitudes, e é sempre bom deixá-las (as suas, claro) por escrito para não esquecer  – e para ver o que a gente conseguiu fazer quando o ano acabar! Faltou alguma coisa? Comenta pra mim! E não esqueça de cadastrar seu e-mail para receber as novidades. Bjs30

2 ideias sobre “5 atitudes de ano novo para todos (incluindo eu!)”

    1. Oi Lu! Olha, sem querer denunciar a idade (kkk) mas teve um tempo em que as pessoas sabiam viver sem a cara metida na telinha do celular, né? Rs acho que é questão de hábito e disciplina mesmo! Bora tentar… Bju

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *