Frio em Minas Gerais – BH,cidades históricas,looks,rangos!

ouro-preto-mg
Estive pela primeira vez em Minas Gerais há muitos anos, em rápida passagem por Belo Horizonte.Recentemente, aproveitei para curtir o frio que não faz na Bahia e claro, ver amigos queridos, comer e aproveitar o clima romântico das cidades históricas! Na sequência looks práticos, dicas gastronômicas e por aí vai…

Belo Horizonte – frio ameno, comida farta e bebida forte

Belo Horizonte saiu da condição de patinho feio para, nos últimos anos, se tornar um hotspot gastronômico e cultural da melhor qualidade. Nos meses de junho a agosto a temperatura cai, ficando agradável o suficiente para retirar casacos e botas do armário – imagine a alegria do casal baiano ao poder usar essas coisas…adoro! Tentei fazer uma mala prática, porque ficamos na casa da família da minha querida amiga Isabella, e não é de bom tom entulhar a casa de ninguém com suas coisas – que devem ficar sempre arrumadas no cantinho disponibilizado pelo anfitrião.

Eu e minha boneca linda e loira (quedê coragem, Mariana?)
Eu e minha boneca linda e bem loira (quedê coragem, Mariana?) – no Birosca

Um dos melhores programas para a mulherada é pirar na Feira Hippie, só que dessa vez não foi possível para mim… (#todaschora). Ela acontece sempre aos domingos e como é muito grande (são cerca de 2.500 expositores), o barato é sair bem cedo (tipo 6 da matina!) para evitar o pico de movimento e aproveitar as muitas opções de acessórios, artesanato, roupas, calçados, brinquedos e itens de decoração. Informações sobre a feira você confere aqui e aqui.

Outro local de compras divino em Belo Horizonte é o Mercado Central. Em um espaço amplo e agradável (considerando que é um mercado e não um shopping!) você encontra uma boa variedade de produtos típicos do estado, como os deliciosos queijos mineiros, doces de leite, bolos e biscoitinhos de comer rezando; pimentas e cachaças artesanais, entre outras coisas. Vale à pena visitar perto de ir embora para comprar presentinhos. O estacionamento é pago (e não muito baratinho), mas como o mercado fica no centro da cidade, não é tão fácil achar vagas no entorno.

O site do Mercado Central é esse aqui.

biscoito-polvilho-mineirodoce-leite-mineiro

Outra coisa que eu vi (e achei muito louca) é que a mineirada cai para dentro da cana de manhã, já! Alguns botecos do mercado fervem cedo, com a turma tomando todas (cachaça, cerveja…) e comendo os calóricos petiscos mineiros. Não, não dá para manter a dieta firme nas Minas Gerais. Muito menos para não “chapar o coco” pelo menos um dia…

Ainda no quesito compras, estivemos no bacanérrimo BH Shopping, que conta com marcas do segmento luxo, a fofa The Beauty Box, Shoestock, uma Fnac enorme; e aproveitamos para renovar os estoques de cápsulas na boutique Nespresso.

Outras coisas legais em BH – Memorial, Mirante Mangabeiras (por do sol lindo!), Serra da Moeda, Museu de Artes e Ofícios…aí, claro, vai muito em cima do perfil do visitante. Detesto roteiro pronto! rs

Ouro Preto – frio de serra, história e ladeiras, muitas!

Fizemos um bate-volta a partir de BH para curtir o clima delicioso da cidade histórica de Ouro Preto. Amei o conjunto arquitetônico, rende fotos lindas. O legal é ficar flanando e entrar nos locais que despertam maior interesse. Visitamos o Museu da Inconfidência (proibido fotografar lá dentro, a câmera é confiscada na entrada!) – muito bonito e organizado. R$10,00 para entrar.

ouro-preto-mg
Olha o Museu lá no fundo!

A Igreja do Pilar é a segunda do Brasil em quantidade de ouro – perde apenas para a de São Francisco em Salvador! (ryca)

ouro-preto-hdr

look-ouro-preto
Lindo casal! Só acho

ouro-preto-minas-gerais

Blusa – C & A (já deu pinta aqui)

Calça – TNG

Jaqueta – Patogê

Botas – Carrano

A touca acho que comprei no Chile, não lembro

Óculos – Ray Ban

Ouro Preto conta com ótimos cafés e restaurantes, lojinhas (de jóias inclusive), muitas igrejas, Casa dos Contos, museus…

Tiradentes – frio com “f” maiúsculo, romance até dizer chega

Não teve jeito: a cidade que mais amamos foi Tiradentes, um dos picos da Estrada Real! O caminho para lá, a partir de Belo Horizonte, é em rodovia federal e estadual (ambas em bom estado) e ainda se passa por cidades bucólicas no caminho, o que torna a viagem mais charmosa. O casario é belíssimo, e a cidade é cercada pela Serra São José, como dá para ver bem na foto abaixo:

look-tiradentes-1

Lúqui do dia
Lúqui do dia

Blusa – Fit Moda

Calça – Calvin Klein

Bolsa – 78 ISL

Bota – Raphaella Booz

Cachecol – comprei na Dona Chitta

Cinto – o da feirinha de Ilhéus

Relógio – MK

Preciso dizer que foi o lugar mais frio do passeio? À noite é um absurdo! Bom para tomar vinho e dormir agarradinho…

tiradentes-romantico
Cheers! no ótimo Templário

Blazer – Madame MS

Short – Santa Oportunidade

Cachecol – ganhei de presente (acho que foi C & A)

Meia – Lupo

Visitamos o Centro Cultural Yves Alves, o Museu de Sant’Ana, a linda Igreja Matriz de Santo Antônio, a Câmara de Vereadores – perto da pousada em que ficamos tinha também uma fonte e um pequeno bosque. E temos pretexto para voltar: não fizemos o passeio à Serra, tampouco o Maria Fumaça (funciona apenas de quinta a domingo). Não comprei nada para mim, apenas itens de casa: dois candelabros em pedra sabão, uma fruteira de ferro batido e um divino espírito santo em madeira (preço ótimo, tem gente que compra lá para revender!)

tiradentes-minas-gerais

belo-horizonte-petisco
Bolinho de galinhada da Família Paulista – morri e tô no céu

Por último: não botecar em BH é um verdadeiro CRIME! Quero voltar… Se faltou alguma informação aqui joga nos comentários, bjus

4 ideias sobre “Frio em Minas Gerais – BH,cidades históricas,looks,rangos!”

  1. Excelentes dicas!!!!!! Vou compartilhar!

    1. Mariana Vieira disse:

      Ueba, compartilhe por favor! Viagem é comigo mesmo, vem mais coisa boa por aí!!! ; *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *